Blog Tudo e Todas

Campeã brasileira, Isabella Fornari de Faria se prepara para participar do Sul-Americano de Patinação na Argentina

Patinação por: Ana Flávia Hantt em: 15/06/2017 | 18:00

Se a determinação é uma característica dos grandes atletas, Isabella Fornari de Faria, também conhecida como Belinha, mostra que carrega isso consigo desde cedo. Natural de Florianópolis, a patinadora precisou demonstrar persistência antes mesmo de ingressar no esporte.

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasA jovem patinadora mostra a alegria em competir e se apresentar
A jovem patinadora mostra a alegria em competir e se apresentar

Aos seis anos, era por meio as grades do ginásio de sua escola, que a menina assistia a aulas de patinação, pedindo todos os dias para que a família a inscrevesse no esporte. E apesar de por muito tempo não haver vagas, em 2012, a mãe da menina conversou com a professora, e finalmente conseguiu um teste.

Ela colocou o patins nos pés e saiu andando, encantada. No mesmo ano iniciou nos campeonatos e , desde então, a patinação faz parte da rotina dela e de toda nossa família", conta a mãe Minéia.

Hoje, Belinha soma diversas medalhas em campeonatos catarinenses, copas internacionais (Santos e Mercosul) e Torneio Nacional. Em 2016, iniciou a participação na classe internacional, e um ano depois, consagrou-se como campeã brasileira na modalidade mini-infantil. O excelente resultado garantiu a convocação da atleta para o Campeonato Sul-Americano, que ocorre neste mês, na Argentina, nas modalidades mini-infantil, solo dance e free dance.

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasBelinha posa com sua coleção de medalhas
Belinha posa com sua coleção de medalhas

Para alcançar esse desempenho, no entanto, Isabella treina por mais de duas horas de segunda-feira a sábado, período que se intensifica próximo às competições. Inclusive, as férias são reduzidas para que a menina possa acompanhar o treinamento da temporada seguinte.

De início nos preocupamos, pois é uma criança, mas nos deixa tranquilos a certeza de que ela é muito feliz patinando. Certamente existem muitas abdicações dela e de toda a família, mas ela ama incondicionalmente as rodinhas, está no coração. Fazem alguns anos que seu presente de Natal é patins ou curso de patinação", conta a mãe Minéia.

De personalidade forte, cheia de sonhos e grandes objetivos, Isabella projeta o dia em que colocará suas rodinhas em uma quadra do Campeonato Mundial. "E estarei no pódio", avisa.

Para isso, além da sua própria trajetória, inspira-se em grandes nomes da patinação. É fã incondicional da patinadora italiana Tanja Romano, de quem assistiu todos os vídeos e sabe cada detalhe das apresentações. Entre os brasileiros, espelha-se em suas conterrâneas catarinenses Gabriela Pereira Giraldi e Mayke Redel, e também em Bruna Wurts e Mariah Barsotti.

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasA atleta e seu técnico Alisson
A atleta e seu técnico Alisson

Na opinião da mãe de Belinha, Minéia, o esporte é um grande formador de pessoas, e na patinação a menina aprende a se superar, sonhar e não desistir dos seus objetivos:

Em que pese tratar-se de um esporte custoso, que tem como principal financiador os 'paistrocinadores', sem o reconhecimento que muitas vezes merece, ainda assim temos a esperança de um esporte apaixonante e em constante crescimento. Sempre brincamos na roda de amigos e patinadores, que quem carrega a patinação no coração, se encanta e luta até o fim. Vimos famílias e atletas de todo o Brasil que se irmanam para dar vida ao esporte, isso é muito engrandecedor, especialmente para as crianças em formação que são praticantes da patinação", resume.

É essa experiência, portanto, muito mais que medalhas, que Isabella Fornari de Faria leva consigo, dentro das quadras, e também fora delas.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais