Conheça as propriedades e benefícios do alho negro

Saúde por: Taiane Kussler em: 03/06/2017 | 10:00

O alho negro não é muito comum, mas este tempero especial tem o poder de deixar as refeições ainda mais saborosas, além de trazer muitos benefícios à saúde. Agora você vai começar a utilizá-lo com mais frequência no preparo das refeições.

A coloração mais escura ocorre quando os dentes das cabeças de alho roxo convencional, sob determinadas condições de maturação, temperatura e umidade, vão adquirindo uma cor mais escura, até ficarem completamente pretos.

A iguaria tem um paladar agradável, menos picante e não compromete o hálito. Experimente!

Quais são os benefícios do alho negro?

>> Antioxidante

A atividade antioxidante é dez vezes maior no alho negro quando comparado ao roxo. Essa propriedade mantém as células estáveis, funcionais e protegidas contra substâncias nocivas. rico em proteínas, ele ajuda a regenerar e fabricar os tecidos

>> Ajuda a emagrecer

Além de ser termogênico, o alho negro aumenta o gasto calórico corporal, ajudando a emagrecer. Também ajuda na redução do colesterol e libera no fígado uma enzima que inibe a produção de gordura, acumulando assim menos colesterol e gordura hepática.

>> Fortalece o sistema imunológico

Rico em selênio e vitamina C, ajuda a prevenir gripes e a fortalecer o sistema imunológico. Age como antibiótico, anti-séptico, hipotensor, expectorante, diurético e digestivo.

>> Previne doenças do coração

O alho negro possui uma quantidade significativamente maior de polifenóis, isso impede a oxidação do colesterol e a geração de oxigênio ativo, inibindo a esclerose arterial. Além disso, durante o processo de fermentação é gerado o S-arylcysteine, eficaz para impedir cancros, colesterol de inibição, o que também melhora a esclerose arterial, prevenindo doenças do coração.

>> Contribui com o sono

E ainda por cima, graças ao fósforo e ao enxofre, nos ajuda a ter uma boa noite de sono. 

Como inserí-lo na alimentação?

Para ganhar todos os benefícios a partir das propriedades do alho negro, é aconselhável consumí-lo em jejum, na parte da manhã. A iguaria fornece grandes doses de energia, por isso, é preferível a ingestão antes de atividades importantes que envolvam desgastes físicos e intelectuais.

O alho comum é rico em vitaminas A, B1, B2, C, OO e diversos minerais como iodo, cálcio, magnésio, zinco e enxofre, e essas propriedades são ainda mais fortes no alho negro. Além de No entanto, assim como o alho normal, o alho negro perde suas propriedades se for refogado ou submetido a altas temperaturas. O ideal é consumi-lo cru, in natura.

Qual é a origem?

A história faz segredo sobre a procedência da técnica de preparo do alho negro, assim como fazem aqueles que dominam o processo. O que se sabe, no entanto, é que coreanos e japoneses disputam o posto de criadores da iguaria. Na Coreia, foi introduzido como suplemento na dieta por conter alto teor de antioxidantes, substâncias benéficas à saúde. Na internet, há referências sobre um pesquisador japonês que teria 'inventado' o tal alho em 2005. E foi justamente no Japão que o famoso chef espanhol Ferran Adrià o teria provado pela primeira vez, em 2007. De concreto mesmo, somente há a certeza de que o ingrediente é novo tanto para os orientais quanto para os ocidentais e que só agora, atraindo os olhares do mundo.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais