Blog Tudo e Todas

Cor do verão: saiba quais são os alimentos que mantêm o bronzeado

Saúde por: Taiane Kussler em: 10/01/2019 | 19:00

O verão está aí. Com a chegada da temporada mais quente do ano surgem as preocupações com a estética do corpo, bem como, com o bronzeado. Para quem gosta de exibir a 'cor do verão' e não sabe por onde começar, sem precisar se expor à radiação solar, já pode abrir o guarda-sol e optar pela sombra, porque há uma receita infalível para adquirir este efeito. A alimentação pode ser uma aliada neste processo. Além de contribuir com a pigmentação da pele, pode trazer mais saúde e equilíbrio ao organismo.

Além da preocupação estética, em primeiro lugar, é preciso manter cuidados com a pele, que apresenta maior sensibilidade aos raios UVA e UVB nesta época do ano. E aí que a seleção dos alimentos entra em jogo. Segundo a nutricionista Bruna Neves, investir nas vitaminas C e E e alimentos que contêm selênio e carotenoides são opções para quem deseja atingir a cor do verão.

Foto: Pexels / Tudo & TodasOs alimentos de cores avermelhadas, assim como, pimentões vermelhos, rabanetes e melancia também contêm betacaroteno
Os alimentos de cores avermelhadas, como pimentões vermelhos, rabanetes e melancia, também auxiliam na pigmentação da pele

***

De acordo com a nutricionista, para atingir esse efeito não é necessária exposição ao sol, pois o consumo de alimentos ricos nesses nutrientes pode alterar a cor da pele. "Os alimentos ricos em vitamina C são os responsáveis por prolongar o bronzeado, a vitamina E e o selênio são antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce, minimizando os efeitos dos radicais livres que são produzidos após a exposição solar. Já os carotenoides, estão envolvidos na produção de melanina, que é o pigmento da nossa pele".

Porém, assim como todos os alimentos, é preciso manter o equilíbrio e evitar exageros no consumo, caso contrário, o efeito não será o desejado. De acordo com a nutricionista, o consumo excessivo de alimentos ricos em carotenoides pode deixar as mãos e os pés mais amarelados (processo conhecido como carotenemia). Porém, ao reduzir o consumo destes alimentos, a cor da pele volta ao normal. "Isso acontece pois essa substância, após ingerida, é convertida em vitamina A, a qual auxilia na produção de melanina, o pigmento que dá cor à pele ".

Para Bruna, as cores dos alimentos também têm relação com os efeitos que podem trazer ao organismo. O betacaroteno é um exemplo disso, pois é um carotenoide, considerado um pigmento. "Existem alguns alimentos que podemos relacionar a cor ao nutriente, como por exemplo, os verdes escuros que são ricos em ferro, os avermelhados ricos em licopeno e os arroxeados ricos em antocianinas".

E tem mais. O betacaroteno não é aliado apenas do bronzeado, mas, também, pode ser um excelente antioxidante, protegendo o corpo da ação dos radicais livres. Além dos legumes, frutas e verduras, o betacaroteno também pode estar presente na gema de ovo ~ mas as quantidades são muito relativas e estão relacionadas ao tipo de alimentação da galinha ~. Segundo a nutricionista, é possível também ingerir o betacaroteno em cápsulas, mas ela recomenda as fontes naturais, uma vez que, além do betacaroteno, os alimentos trarão muitos outros benefícios à saúde.

Alimentos que ajudam a manter o bronzeado

>> Carotenoides: Cenoura, laranja, mamão, abóbora, manga e vegetais de folhas verdes escuras como espinafre, salsa, couve, brócolis e agrião.

>> Vitamina C: Laranja, acerola, kiwi, caju, goiaba, morango, melão, pêssego e vegetais como salsinha, pimentão, couve-manteiga, couve-flor, tomate e brócolis.

>> Vitamina E e selênio: Grãos como a castanha do Pará, castanha de caju e nozes.

Conforme a nutricionista, a melhor forma de consumir os legumes é cozinhá-los no vapor. Já as frutas, o ideal para melhor absorção do betacaroteno seria remover as cascas, ~ mas é preciso lembrar que não basta ficar pensando só no bronzeado e deixar a saúde em segundo plano ~. "As fibras presentes nas cascas são muito importantes para o nosso organismo, por isso, não é indicado deixar todas as cascas de lado," recomenda a nutricionista.

 

 

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais