Blog Tudo e Todas

Dia Mundial do Doador de Sangue: 7,09% da população de Venâncio Aires são doadores ativos

Saúde por: Taiane Kussler em: 13/06/2018 | 11:00

Doar sangue é um ato de sensibilidade que pode transformar vidas e trazer resultados transformadores. Uma simples atitude que demonstra espírito de solidariedade e amor ao próximo.
Dos 70.481 habitantes da Capital Nacional do Chimarrão (estimativa do IBGE 2017), em média, 5 mil doadores ativos de sangue estão inseridos no cadastro estadual, que vem sendo atualizado pelo banco de sangue municipal, de 2013 a 2018. Neste caso, 7,09% da população já assumiu esta causa, com o propósito de fazer o bem, ao contribuir com outras pessoas, sem receber nada em troca.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasO sangue depois de processado pode ser dividido em plaquetas, plasmas e hemácias (veja abaixo)
O sangue, depois de processado, pode ser dividido em plaquetas, plasmas e hemácias (veja abaixo)

***

De acordo com a enfermeira responsável pelo banco de sangue do município, Daiana Keller, o número de doadores pode oscilar, porque algumas pessoas doam apenas uma vez ao ano, já outras, realizam a ação a cada três meses.

Acredito que podemos melhorar esta estimativa e o número de doadores pode crescer ainda mais, a educação contínua é o caminho. Para isso, é preciso levar a informação às pessoas, ao sensibilizar o próximo diante da tamanha diferença que o sangue doado pode representar na vida de um paciente', afirma.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasDesde 2006, Ricardo faz parte da lista de doadores ativos de sangue
Há 12 anos, Ricardo é doador de sangue ativo

Além de trazer esperança a quem recebe, esta atitude pode contribuir com resultados positivos na vida de quem pratica a doação. Foi o que ocorreu com o doador, Ricardo Lakus, depois que decidiu ser voluntário. Desde que o educador físico fez uma aposta no título Mundial do Inter, em 2006, o seu pensamento mudou diante das outras pessoas. Ricardo passou a realizar este gesto com mais frequência, ao se tornar um doador ativo. Há 12 anos, o educador físico já realizou cerca de 24 sessões de doação de sangue.

'É um ato de solidariedade que faz bem aos outros e a mim, a prática de doar sangue traz benefícios físicos e mentais', considera.

Sangue beneficia pacientes do Hospital São Sebastião Mártir e região

Segundo dados do banco de sangue do município, em média são coletadas 2.400 bolsas de sangue por ano, que são processadas e armazenadas. Posteriormente o material é encaminhado para exames sorológicos para ser utilizado nos pacientes do Hospital São Sebastião Mártir. De acordo com a enfermeira, o material coletado em Venâncio Aires, também é encaminhado para abastecer a Agência Transfusional de Sangue, em Candelária.

 ***

Saiba mais...

Hemácias, plaquetas e plasma, qual é a diferença?

As hemácias são as células vermelhas, responsáveis pela condução do oxigênio no nosso corpo. 

O plasma possui uma aparência amarela, e é rico em fatores de coagulação.

As plaquetas também são responsáveis pela coagulação. São elas que fazem a primeira parte do trabalho de coagular. A deficiência destas, causam sangramentos.

Quais os casos mais frequentes de transfusão de sangue em Venâncio Aires?

São inúmeras as situações que requerem transfusões, pacientes que necessitam de hemácias, podem ter anemias crônicas, causadas por doenças como o câncer, hemorragias digestivas, etc. ou por perdas de sangue em acidentes ou cirurgias.

O plasma será necessário quando houver distúrbios de coagulação, na maioria das vezes causada por doenças como cirrose, hepatites. Ou ainda em caso de perder muito sangue, onde é preciso repor a volemia do paciente.

As plaquetas precisam ser observadas sempre que um procedimento invasivo será realizado. Para cada procedimento, uma contagem mínima de plaquetas é necessária. E algumas doenças também reduzem esta contagem, como leptospirose, púrpura. De acordo com a enfermeira, no banco de sangue do município é feita uma coleta de sangue total, e logo após o material é dividido nestes hemocomponentes. "É possível realizar coletas dos hemocomponentes separados, mas requer equipamentos específicos", afirma.

***

Se você também quer ser um doador de sangue e não sabe como proceder, confira abaixo as instruções da enfermeira responsável pelo banco de sangue do município, Daiana Keller:

Quem pode doar?

Pessoas saudáveis, com idade entre 18 e 68 anos. Menores de 16 e 17 anos podem doar, mediante autorização assinada por pais ou responsáveis. A 1° doação deve acontecer antes dos 60 anos.

Como proceder?

Com um documento de identidade, com foto, dirigir-se ao Banco de Sangue. Alimentado e ter repousado no mínimo 6 horas na noite anterior.

Quais são os intervalos mínimos para homens e mulheres doadores voluntários?

Homens: Intervalo de 60 dias, não excedendo 4 doações em intervalo de 12 meses.
Mulheres: Intervalo de 90 dias, não excedendo 3 doações em intervalo de 12 meses.

Quais são os impedimentos temporários?

Tatuagens, Pircing, Maquiagem Definitiva: 12 meses
Antibióticos: 15 dias após o término do tratamento
Herpes Labial: Enquanto tiver a lesão
Vacinas: 30 dias

Quais são os impedimentos definitivos?

Cirurgias Cardíacas e doenças cardíacas graves.
HIV, Hep. B e C, Chagas, HTLV, Câncer, AVC, Aneurisma, Trombofilia, Diabetes, Cirrose, Alcoolismo Crônico.
Entre outros vários.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais