Blog Tudo e Todas

Dica de viagem: como fazer o passeio de trem entre Curitiba e Morretes por conta própria

Viagem por: Ana Flávia Hantt em: 27/08/2017 | 15:00

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasDurante o passeio, o viajante é obrigado a diminuir o ritmo, afinal o trem anda a cerca de 30 km por hora, e simplesmente se conectar com a natureza e com o passeio
Durante o passeio, o viajante é convidado a diminuir o ritmo - afinal, o trem anda a cerca de 30 km por hora -, e simplesmente se conectar com a natureza e com o passeio

Quem viaja para a capital do Paraná, conhecida como uma das mais bonitas do Brasil, com frequência busca também pelo passeio de trem pela Serra do Mar, que faz o trajeto entre Curitiba e Morretes. Considerado um dos mais bonitos do mundo, dura cerca de três horas, e pode ser feito em ambos os sentidos (Curitiba-Morretes ou Morretes-Curitiba).

Trata-se de uma viagem repleta de história, já que a ferrovia foi contruída entre 1880 e 1885, a pedido de Dom Pedro II, diante da necessidade de ligação entre Curitiba e o Porto de Paranaguá, tanto para o desenvolvimento da economia, quando para o deslocamento de soldados. Ainda hoje, essa estrada de ferro é considerada uma obra-prima da engenharia, e serve como caminho para o transporte de passageiros e também de cargas.

O viajante que procura por esse passeio, no entanto, com frequência vai se deparar com a oferta de pacotes que incluem o transfer entre o hotel e a estação, o ticket de trem, o almoço em Morretes, um city tour em Antonina e a volta para Curitiba de van. É claro que essa é uma opção confortável e prática, mas para aqueles que gostam de um pouco mais de liberdade e autonomia, sem a necessidade de seguir um guia e passar o dia inteiro com o mesmo grupo, existe também a possibilidade de fazer cada uma das etapas por conta própria (e ainda economizar uma graninha para os souvenirs!).

Fiz esse passeio duas vezes nesse ano, acompanhando familiares, e por isso escrevi esse post, que pode ajudar quem busca informações sobre o roteiro. Vamos lá?

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasPasseio ocorre em meio a exuberante Mata Atlântica
Passeio ocorre em meio a exuberante Mata Atlântica
Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasBarragem é um dos pontos de contemplação
Barragem é um dos pontos de contemplação

1) Ingresso do trem

Você decidiu que fará o passeio e escolheu uma data? Ótimo! Para comprar o ingresso para o passeio de trem você tem duas opções:

a) se dirigir a agência da Serra Verde Express, que faz essa operação, localizada na Estação Rodoferroviária de Curitiba;

b) comprar o ingresso pela internet. Nesse segundo caso, você deve enviar um e-mail para contato@serraexpress.com.br fazendo a sua solicitação. Em breve, alguém da empresa te retornará com as opções de passeio, preço e pagamento. Atualmente, o preço do ingresso de um adulto está R$119, e é possível fazer o pagamento por depósito bancário ou enviando os dados do cartão.

2) Como ir até a estação

Se você estiver em Curitiba, ir até a Estação Rodoferroviária é bem simples. Ela fica localizada no centro, e você pode utilizar táxi, Uber, ônibus ou, dependendo sua localização, inclusive ir a pé. Se você chegar na frente do local (consideramos a frente o lado voltado para o Mercado Municipal, que está do outro lado da via), o lugar de onde parte o trem será atrás, no último prédio. Chegue com 30 minutos de antecedência para resgatar os seus ingressos (caso tenham sido comprados pela internet). O trem parte 8h15min, diariamente.

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasMorretes é cortada por um rio que convida à contemplação, a um passeio de canoa, ou mesmo a um mergulho
Morretes é cortada por um rio que convida à contemplação, a um passeio de canoa, ou mesmo a um mergulho
Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasMorretes é repleta de construções históricas e preservadas
Morretes é repleta de construções históricas e preservadas

3) Onde almoçar

Morretes é uma cidade bem pequenininha, e o circuito turístico tem cerca de duas ruas e quatro ou cinco quadras. A infraestrutura para receber os visitantes compensa o tamanho. Você vai encontrar diversos restaurantes, a maioria servindo pratos a base de frutos do mar, e também o prato típico do local, o barreado (um caldo de carne servido com arroz, feijão, farofa, banana e outros ingredientes).

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasCafé charmozinho em frente a praça principal
Café charmozinho em frente a praça principal

Antes de escolher, caminhe um pouco pelas ruas, que logo você achará uma opção que atenda suas expectativas. Nas duas vezes que fui, optei por uma panqueca de palmito e molho branco em um café localizado em frente a praça principal. Custou R$ 18. Meus familiares almoçaram em um buffet com vários tipos de comida, inclusive o barreado, por R$ 31 (almoço livre).

4) Como voltar para Curitiba

Ao sair da estação de trem em Morretes, certamente alguém te abordará perguntando se você já tem transporte de volta. Nesse local estão dispostas várias vans que fazem o serviço. Nunca cheguei a utilizar, e não saberia dizer como funciona.

Nas duas ocasiões que visitei a cidade, optei por voltar com a linha turismo oferecida pela Viação Graciosa. Com um micro-ônibus, a empresa transporta os passageiros pela Estrada da Graciosa até a capital. É possível comprar as passagens no site da empresa, por cerca de R$ 25, e você deve chegar na rodoviária com alguns minutos de antecedência para retirar os tickets.

Nota: a rodoviária fica a duas ou três quadras da parte mais movimentada do centro histórico. Ao sair da estação de trem, será para o lado direito, ok? Qualquer comerciante saberá te indicar a direção.

***

Se você comparou meu descritivo sobre o pacote, verá que minha opção não possui o city tour em Antonina. Embora tenho certeza que deve ser um belo passeio, após pesquisas, vi que ficaria na contramão, e também achei um pouco de 'mais do mesmo'. No entanto, cada viajante sabe o que lhe atrai. 

Com as dicas acima, é possível fazer o passeio de trem com toda a autonomia e praticidade, especialmente pela possibilidade de adquirir ingressos com antecedência pela internet. 

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais