Drenagem linfática: quais seus benefícios?

Saúde por: Tamara Wermuth em: 27/11/2017 | 14:30

Todos os dias acompanhamos em blogs e redes sociais várias famosas realizando sua sessão de drenagem linfática. E o que poucos sabem, é que a drenagem vai muito além de uma massagem estética, ela faz muito bem para saúde. 

Foto: Divulgação / Tudo e Todaso

Primeiramente, temos que ter em mente que a drenagem é um carinho que deve ser feito no paciente. Não pode ser forte e nem machucar.

Por quê? Tudo se explica porque o nosso sistema linfático é muito superficial, e qualquer pressão maior feita sobre eles pode ser ablativo, ou seja, passar esse sistema e não ter o resultado esperado. Então se você saiu de uma sessão de drenagem e ficou com algum roxinho ou com alguma parte do corpo doendo, converse com o profissional.

Como comentado anteriormente, os benefícios da Drenagem Linfática Manual (DLM) vão muito além de uma massagem estética. Isso porque a DL (drenagem linfática) trabalha com o sistema linfático e esse sistema tem as seguintes funções: auxilia no retorno do líquido intersticial para a corrente sanguínea, auxilia também na destruição de microorganismos e partículas estranhas da linfa e ajuda nas respostas imunes específicas e além de tudo, aumenta a produção de anticorpos.

Outros benefícios:
-Prepara o corpo para cirurgia plástica;

-Reduz edemas e inchaços pós cirúrgicos;

-Alivia a retenção de líquidos pelo corpo;

- Ajuda no tratamento de celulite;

-Melhora a elasticidade da pele.

Foto: Divulgação / Tudo e Todasi

A ação da drenagem linfática é de 24 horas no organismo após a sessão, porque a Linfa tem um fluxo lento, mas o mesmo pode aumentar em 30 vezes para quem prática exercícios físicos! E quem tem esse fluxo muito lento, pode desencadear algumas patologias no sistema linfático, como o famoso e temido edema ou inchaço! Os motivos pelos quais a linfa fica mais lenta são forças externas:

- Gravidade - ficar muito tempo em pé, por exemplo;

- Contração muscular ;

- Pulsação das artérias;

- Peristaltismo visceral;

- Movimentos respiratórios.

Foto: Divulgação / Tudo e Todasi

Então a DLM é super indicada para quem tem problema com linfadema, pré e pós-cirurgia, para celulite, relaxamento muscular corporal, para grávidas (consulte o médico e veja a indicação dele), para hematomas e cicatrizes! Legal né?

E temos que ter cuidado porque ela é contra indicada também: câncer, pressão alta não controlada, infecções no corpo (pode passar para outras áreas e piorar), asma, hipertireoidismo, tromboses e inflamações agudas.

Se você se encaixa em uma das indicações da DLM e está a fim de experimentar, masque uma sessão com o profissional mais próximo e curta ao máximo cada momento.

 

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais