Blog Tudo e Todas

Dress code: uma ferramenta do bem vestir

Moda & Beleza por: Daiane Veiga em: 27/04/2018 | 19:00

 

Foto: Divulgação / Tudo & TodasDaiana Viega largou tudo para viver a sua paixão pelo mundo da moda
Daiana Viega largou tudo para viver a sua paixão pelo mundo da moda

Fala gatedooo!!! Estou aqui pra trazer dicas quentinhas sobre moda, estilo, comportamento e autoestima, mas deixa que primeiro tenho que me apresentar. Sou a Daiane Veiga, tenho 31 anos de idade, Pedagoga por formação, que largou tudo para viver sua paixão pelo mundo da moda e fez vários cursos para atuar no ramo, sendo o primeiro dele em Consultoria de Moda/Personal Stylist, pela Univates e o último na formação de Consultora de Imagem e Estilo pela Viver Consulting. Entremeio a estes cursos, outros tantos de aperfeiçoamento em Imagem Pessoal, Vitrinismo e Visual Merchandeising. Enfim, acabei virando empresária de uma loja de variedades e moda feminina e uso meus conhecimentos diretamente no atendimento ao público, o que amo muito, diga-se de passagem. 

 

Vamos ao que interessa e é o tema de hoje: Dress Code, código de vestimenta. A moda não é só o que está em alta no momento ou que desfilam nas passarelas, ela é um conjunto de fatores sociais ligados à arte, à história, à cultura e principalmente à própria sociedade. Moda envolve vivência, é essência e ainda vamos falar muito sobre isso. Mas o código de vestimenta é uma ferramenta da moda que nos dá suporte para saber o que vestir mediante determinadas situações. Daí você se pergunta: mas é preciso isso??? Eu digo que sim, pois muitas vezes caímos no erro de não estar com as vestes adequadas às situações e isso pode ser fator de risco para várias 'cositas' como: perder uma oportunidade de emprego, sentir-se constrangido, não estar de acordo com a situação, entres outros. Esse código também é muito utilizado em convites de casamentos, formaturas e eventos formais afim de prevenir os convidados para a escolha da vestimenta. Aqui falaremos de Dress Code na vida social, em especial.

***

Você já ouvir falar no ditado: 'A primeira impressão é a que fica', se sim, saiba que ela tem lá seu lado verdadeiro, uma vez que nosso comportamento e imagem são o cartão de visita para com as pessoas que convivemos. 'Magina' a situação de você chegar à reunião de negócios de bermuda e camiseta??? Seria um executivo de sucesso na visão dos demais??? Creio que não! Ou chegar na festinha do amigo do seu filho de paletó??? Exagero total! Aqui já posso dizer que, o melhor código de vestimenta do cotidiano social está super ligado ao bom senso na hora da escolha do que vestir. Uma dica infalível é: pense sempre com quem você vai estar e qual imagem quer passar sobre você para estas pessoas. Se preciso você pode pedir ajuda profissional ou mesmo uma dica para alguém próximo, mais vale trocar uma ideia do que cometer a gafe de fato.

O código de vestimenta de trabalho varia muito de setor para setor, alguns exigem casual, outros social, algumas empresas preferem o uso de uniformes e por aí vai. Mas podemos nos adequar ao que o local pede e estarmos com aquela ótima aparência que abre portas muitas vezes. Em ambiente de trabalho, que geralmente acaba sendo mais formal, podemos evitar: decotes, comprimentos curtos, pele muito exposta (barriga, costas de fora), excesso de maquiagem ou acessórios muito chamativos, camisa muito aberta, regatas e bermudas (para os homens, no caso). E que tal apostar em: camisas, blusas gola rolê, saias e vestidos midi, calças pantalonas e pantacourts, o bom e velho jeans tradicional, camisetas gola polo, blazers, acessórios moderados, maquiagem suave.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasÉ preciso adequar a roupa para cada situação
É preciso adequar a roupa para cada situação

 

O Dress Code para eventos sociais como festas da família, jantares com os amigos, happy hours é o mais tranquilo e assertivo porque não exige muitas ferramentas e restrições. É algo mais descontraído, à vontade e você pode ousar um pouco mais (sem perder o bom senso, é claro). Você pode usar todo seu estilo, sem medo! Neste caso, preocupe-se em estar bem à vontade para poder curtir esses momentos e fuja dos extremos, nem tão chique, nem tão largado.

Que tal??? Gostaram das dicas??? Bora trocar uma ideia com as amigas sobre Dress Code??? Vem com a gente, que em breve teremos mais assuntos sobre moda, estilo, comportamento e auto-estima para trazer à vocês!!! Uma beijoquita roliça e até breve!!!

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais