Entenda o que é esclerose lateral amiotrófica, causa da morte do escritor argentino Ricardo Piglia

Saúde por: Tudo & Todas em: 06/01/2017 | 20:25

O escritor argentino Ricardo Piglia morreu nesta sexta-feira, dia 6, em Buenos Aires. Autor de livros como Respiração Artificial, Alvo Noturno e Plata Quemada - que foi adaptado para o cinema - ele faleceu em função das complicações causadas pela Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) aos 75 anos.

A ELA ocorre pela degeneração progressiva das células nervosas, o que interfere na funcionalidade dos músculos que elas atendem. Por isso, a fraqueza muscular e o endurecimento dos músculos, inicialmente de um lado e a atrofia muscular são os principais sintomas da doença. Alguns portadores de ELA apresentam cãibras, tremor muscular, reflexos vivos, espasmos e perda da sensibilidade.

A causa da doença ainda é desconhecida. Alguns estudos apontam que a utilização excessiva da musculatura favorece o aparecimento da ELA - por isso, os atletas estão entre o público de maior risco. Pesquisas recentes em ratos também apontam que a falta de uma proteína chamada parvalbumina pode estar relacionada com a falência celular característica da ELA.

Relativamente rara, a ELA é diagnosticada em uma ou duas pessoas em cada cem mil por ano, no mundo. Ela acomete mais os homens entre 45 e 50 anos.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais