Exemplo de vida: saiba por que a empresária Sophia Amoruso é a inspiradora da nova série Girlboss

Entretenimento por: Taiane Kussler em: 20/04/2017 | 19:00

Ispirada na jovem empresária Sophia Amoruso, a Netflix vai estrear a série Girlboss. A empreendedora foi a pessoa mais indicada para a atual produção, já que ela passou muitos altos e baixos na profissão. Corajosa e com iniciativa, ela resolveu ser dona do seu próprio negócio, que depois de atingir a maior potência do e-comerce mundial, fechou as portas, assim que completou 10 anos de atuação no mercado.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasCena de Girlboss, a série que estreia na Netflix
Cena de Girlboss, a série que estreia na Netflix

Porém, esta situação não desestimulou a jovem empreendedora a continuar a correr atrás de seus objetivos profissionais, ela considerou este fracasso apenas como experiência e utilizou deste fim, para transformar não apenas a sua história de vida, como também dar uma lição para outras mulheres no mundo, que desejam se tornar donas do próprio negócio. Não foi por acaso que ela foi escolhida como fonte de inspiração da série.

>> A iniciativa

Sem dinheiro e acostumada a comer bagels encontradas no lixo, Sophia Amoruso havia sido demitida e descobriu que tinha uma hérnia de disco. Sem poder pagar o tratamento, arrumou um emprego tedioso para adquirir um plano de saúde.
Trabalhando na portaria de uma escola de artes, Amoruso navegava pela internet e se deparava com vários convites de lojas vintage. Ávida por brechós, percebeu que tinha vocação para montar lojas mais atrativas, já que a maioria delas não se preocupava com a identidade visual ou com o apelo fashion da cultura vintage.
Em 2006, Sophia fundou a Nasty Gal Vintage, com nome inspirado no álbum favorito da cantora Betty Davis. A escolha não foi despropositada: com o nome, Sophia imprimia na marca o espírito de uma mulher forte e ousada.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasSophia Amoruso
Sophia Amoruso

>> O empreendimento

A marca Nasty Gal, começou como uma loja virtual no eBay e aos poucos se consolidou como um e-commerce superpotente. Em 2014, Nasty Gal abriu o seu primeiro espaço físico, em L.A, e em 2015 lucrou US$ 300 milhões em vendas (na loja virtual e física), segundo 'Forbes'. De acordo com Amoruso, a Nasty Gal Vintage era lucrativa desde o início. Em 2011, sua receita era de 28 milhões de dólares. Em 2012, o faturamento total já era de 100 milhões de dólares. A marca atendia consumidores em 150 países e possuía 2 lojas físicas, visitadas por celebridades como Lena Dunham e Kendall Jenner.

 >> A volta por cima

Em janeiro de 2015, Amoruso deixou o cargo de CEO para se tornar presidente executiva, cuidando somente dos departamentos de criação e marketing da grife. Dessa forma, Sheree Waterson, ex-diretora de produto da Lululemon, assumiu o título de CEO. Além de escrever #Girlboss, a CEO também montou a Girlboss Foundation, que divulga e fomenta iniciativas de mulheres inovadoras pelo mundo.

Pensando nisso, que a atriz Charlise Theron levantou esta questão ao produzir 'Gilrgoss'. O objetivo principal foi inspirar as mulheres a partir da história de vida de Shopia Amoruso. Além disso, a produtora pretende salientar que as mulheres também podem falhar em seus projetos.

Acho que um homem falhar é algo mais perdoável na nossa sociedade, já para as mulheres não é uma coisa muito celebrada. Mas as coisas estão mudando aos poucos e espero que "Girlboss" seja uma parte disso, concluiu a atriz.

 ***

A partir desta experiência de vida, Sophia Amoruso demonstrou que é possível sair do 'fundo do poço' mesmo depois de ter conquistado o ápice do sucesso. A jovem empreendedora provou que, quando se tem vontade, apoio e atitude é possível aprender com os próprios erros a se reinventar profissionalmente. Ela é um exemplo de que o gênero feminino tem iniciativa para atingir os seus objetivos mas, que pode fraquejar. Porém, o mais importante de tudo, é que a garra e a determinação são fatores determinantes para quem busca coragem para seguir em frente.

Além de fonte de inspiração da série, ela representa um exemplo de mulher!

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais