Blog Tudo e Todas

Gosto inglês: as peculiaridades da culinária britânica

Viagem por: Solange Silberschlag Beglin em: 10/11/2017 | 18:00

Depois de duas décadas morando aqui do outro lado do oceano, aprendi, entre tantas coisas, a experimentar (e gostar, em muitos casos!) de pratos curiosos da culinária inglesa.

Algumas combinações de ingredientes parecem bizarras e muitas vezes nojentas; mas como diz o velho ditado 'gosto, cores e amores não se discute' (se curte!). Em qualquer país que não seja o nosso encontraremos iguarias que à primeira vista podem parecer estranhas ao paladar. O Reino Unido não é exceção, com alguns pratos tradicionais pouco apetitosos ao resto do mundo.

Frutas consideradas de fundo de quintal, como o abacate, ganham status de celebridade por aqui, enquanto o ruibarbo, usado apenas para consumo animal no Brasil, é tradicional nas sobremesas britânicas. São inúmeras as diferenças e claro, tudo depende do gosto de cada um! A partir de hoje vou listar curiosidades sobre pratos e ingredientes que se destacam por aqui:

1 - Café da manhã inglês (full English breakfast)

O tradicional café da manhã é uma instituição inglesa e remonta ao século XIII. Famílias da burguesia rural seguindo tradição anglo-saxônica realizavam verdadeiros banquetes no desjejum matinal. Na era vitoriana, durante a revolução industrial, a refeição ganhou popularidade e embora hoje em dia o café da manhã da maioria das famílias é baseado em cereal, o antigo prato continua a se destacar nos cardápios de pousadas, hotéis, pubs e restaurantes. Imagina começar o dia com um pratão quente, recheado de frituras. O tradicional café da manhã inglês é bem assim! Salvo algumas variações regionais, a refeição tem sempre bacon, salsichas (no norte do país é morcilha de sangue), ovos, tomates, cogumelos, torradas (tudo frito) e feijão. Isso mesmo, os ingleses comem feijão, porém é diferente do brasileiro pois é branco e vem enlatado com um molho adocicado de tomate. Meu marido inglês adora o full English Breakfast; eu não posso dizer o mesmo.

2 - Chá com leite

Chá é o combustível dos ingleses, não vivem sem. Eles tomam em média quatro xícaras de chá por dia. Seja em casa ou no trabalho o 'cup of tea' é bebida essencial em qualquer hora do dia. O chá no entanto tem que ser preto e com um pouquinho de leite. Adoro!

3 - Caramujo cozido

Os ingleses torcem o nariz com a ideia dos franceses comerem escargot, mas no norte da Inglaterra eles se deliciam com pratos de caramujos (periwinkles), servidos com molho de alho e manteiga.

4 - Sanduiche no almoço

Quem já morou ou visitou a Terra da Rainha sabe que por aqui a principal refeição é o jantar. No almoço a grande maioria faz lanche, geralmente na rua, preferindo um sanduiche para matar a fome. E não faltam opções de sanduiches pelos cafés, bares e supermercados do país oferecendo recheios inimagináveis àqueles que não estão acostumados à ideia de lanche na hora do almoço. Eu sou fã, e sempre procuro experimentar novos sabores. Nesta semana, por exemplo, degustei um wrap com recheio maravilhoso de tagine marroquina em uma das barracas da Manja Street Food. Em muitos bares e supermercados existe a venda casada de sanduiche, salgadinho (ou doce) e bebida, com preço fixo e reduzido. Sanduiche de batata frita é a versão mais bizzarra que já vi por aqui!

5 - Torrada

Com o costume de fazer lanche no almoço, os britânicos colocam na torrada os mais variados ingredientes, do queijo derretido (Welsh rarebit, receita tradicional do País de Gales), patê de carne e ovo, bacon ao abacate com salmão defumado. Tudo vale na hora de rechear o pão torrado, sem falar nos condimentos e molhos prontos que preenchem as prateleiras dos mercados. E assim aparece a famosa e tradicional Marmite, uma pasta marrom salgada de consistência cremosa para passar no pão, adorada por milhões e odiada por tantos outros devido ao sabor peculiar. Ela é feita usando subprodutos do processo de fermentação da cerveja. Um dos slogans do produto em inglês 'you either love it or hate it' já diz tudo, ou você ama ou você odeia, não existe meio termo. Eu faço parte do clube que detesta!

6 - Pepino

Os ingleses têm adoração por pepino cru, sem conserva. Um dos sanduiches mais tradicionais, principalmente para as crianças, é o de pepino com manteiga (em inglês, cucumber sandwich). Um fato interessante é o formato grande e longo do legume por aqui e geralmente vendido em unidade. Os ingleses comem pepino cru sem descascá-lo, como aperitivo, em canapés, sanduiches, saladas e sopas.

7 - Cerveja morna

Muitos ingleses desprezam a cerveja clara, sequer a consideram cerveja, usam o termo Lager ao invés de 'beer' (em inglês, cerveja) ao se referir à bebida, pois preferem o gosto mais amargo e forte da cerveja escura (Ale). E é talvez por isso que nos pubs tradicionais a cerveja não é gelada pois o tipo escuro não possui gás e é servida praticamente morna, na temperatura do porão onde é armazenada. Mais um costume ao qual me acostumei morando aqui há tanto tempo. Aprecio uma boa cerveja amarga servida à temperatura ambiente! A cerveja escura, principalmente a artesanal, se destaca no Reino Unido, Irlanda, Bélgica e Alemanha.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais