Blog Tudo e Todas

A Introdução Alimentar

Saúde por: Daiana Keller em: 09/05/2018 | 19:00

É de conhecimento de todos que cada fase da vida do bebê vem acompanhada de muitas descobertas. Mas cada uma destas fases gera algum nível de preocupação ou questionamento dos novos pais. E a introdução alimentar é um momento de muitas dúvidas. Erros e acertos que muitas vezes vão refletir na saúde dos pequenos. Então vou contar um pouquinho da minha experiência, que foi e ainda é muito feliz!

Tudo sempre deve ser acompanhado de perto pelo seu pediatra, cada criança vai reagir de forma única e vai precisar de atenção.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasA partir dos seis meses, as frutas foram inseridas na alimentação da pequena Olívia
A partir dos seis meses, as frutas foram inseridas na alimentação da pequena Olívia

O leite materno é sem dúvidas o melhor alimento para os primeiros meses de vida, Olívia mamou exclusivamente até os 6 meses. A partir daí entramos em um novo momento, por orientação do pediatra, começamos a oferecer as primeiras frutas. As eleitas foram maçã, banana, pera e mamão. Sempre oferecendo apenas uma por dia (ou duas) para observar possíveis reações alérgicas. Tudo parece impossível nas primeiras tentativas, eles ainda não sabem comer...então preparasse...vai ter fruta pra todo lado!

Foto: Divulgação / Tudo & TodasAs papinhas foram preparadas com legumes cozidos e amassados com o garfo
As papinhas foram preparadas com legumes cozidos e amassados com o garfo

Foi no 7° mês que entraram as papinhas salgadas, ela passou a ganhar cenoura, batata, beterraba, chuchu, berinjela, brócolis, couve, arroz integral, aveia, etc...Tudo cozido e amaçado com o garfo. Tudo gradual, sempre inserindo novidades a cada semana. feijão, lentilha e ovos lá pelos 9 meses. Tudo isso acompanhado do bom leite materno, as mamadas foram diminuindo à medida que os alimentos foram sendo inseridos.

Evite alimentos industrializados, o açúcar deve ser evitado, não adianta oferecer aquele Iogurte que começa com 'DA' e termina com 'inho' e querer que a criança coma um Kiwi depois, o paladar está em formação, ela vai preferir os alimentos doces. Os alimentos temperados com o mínimo de sal. Ahhh...e de preferência para os alimentos orgânicos, claro que na medida do possível.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasOs cereais complementam também fazem parte do cardápio  e contribuem para uma alimentação saudável
Os cereais também fazem parte do cardápio e contribuem para uma alimentação saudável

Outra dica minha...para incrementar as papinhas, de preferência para a farinha de aveia, evite essa misturas vendidas, que são cheias de açúcar e conservantes

O importante é pensar no que se está oferecendo para as crianças. O que você ensinar o seu filho a comer agora, vai refletir na saúde que ele terá mais tarde!Já contei em outro momento, e já foi post aqui (adicionar o link do casamento vegetariano), que em nossa casa não comemos carne.

A Olívia tem a mesma alimentação, por isso, mais ainda, sempre ouvimos questionamentos sobre a saúde dela. Posso afirmar que nunca tivemos problemas, bem pelo contrário, ela tem uma ótima saúde e se alimenta muito bem, mas complemento a alimentação dela com cereais que as pessoas muitas vezes desconhecem, como quinoa, centeio, triticale, trigo e etc...Tudo para deixar a alimentação completa e balanceada.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais