Mas que coragem! Sobre a vida do lado de cá do oceano

Viagem por: Ananda Etges em: 14/07/2017 | 14:00

Tem quase um ano que mudamos para Londres com mala, cuia, criança e cachorro. Desde então, o que mais escuto é 'mas que coragem!'. A exclamação geralmente é ainda mais enfática quando contamos que nossa mudança não foi motivada por emprego, nem certezas do lado de cá do oceano.

Eu e o Fábio nos conhecemos em Londres, em 2010, e voltamos juntos para o Brasil quando eu estava grávida do Vítor, nosso primeiro filho. Decidimos ficar perto da família nos primeiros anos do pequeno. Apesar do coração dividido e da vontade de continuar explorando o mundo, em Venâncio fomos organizando a nossa vida. Emprego, mestrado, mais um bebê. Tínhamos estabilidade, conforto, pessoas queridas ao nosso redor. O que mais poderíamos querer?

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasPasseio em família na fazenda pick your own Parkside, em Enfield, Londres
Passeio em família na fazenda pick your own Parkside, em Enfield, Londres

É isso que muitas pessoas pensam e confesso que às vezes eu mesma me pego refletindo também. Afinal, cada escolha representa um novo caminho, porém renúncias. E isso dói, apesar de todas alegrias pelas decisões tomadas.

Nós optamos por mudar de país pela vontade de viver novas experiências. Londres é uma cidade apaixonante e sua mistura cultural é um pouco do que queremos oferecer aos nossos filhos.

O desafio faz parte, mas é recompensado a cada paisagem deslumbrante que encontramos pelo caminho. A cada nova vivência, a cada aprendizagem.

Nos últimos dias, por exemplo, eu fiquei extremamente emocionada. Tanto na escola do Vítor quanto na da Clara fui em reuniões pelo fim do ano letivo, que aqui termina em julho. Nos encontros, pude perceber o quanto meus filhos evoluíram nos últimos meses.

Vítor chegou mal sabendo fazer as letras do alfabeto. Agora, já escreve pequenas redações com quatro ou cinco frases em inglês. A Clara começa a se soltar para falar e já conquistou as primeiras amizades no ambiente escolar. Podem parecer pequenas conquistas, mas sabendo tudo que esses dois enfrentaram desde que mudamos sei que são passos gigantescos. Ainda mais em escolas com pessoas de todos lugares do mundo e crianças falando mais de 20 idiomas diferentes além do inglês. A tal da diversidade que procuramos e tanto amamos!

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasOferecer diferentes vivências aos filhos foi uma das principais motivações da mudança
Oferecer diferentes vivências às crianças foi uma das principais motivações da mudança

A saudade dói? Sem dúvidas. Todos os dias. Só de pensar na palavra 'saudade' meus olhos já enchem de lágrimas. Mas faz parte e vamos aprendendo a manter vínculos pelas telas luminosas, na ansiedade e contagem regressiva para entrar em um avião e terminar a jornada com um abraço apertado em todos que amamos.

Então sim, a coragem de mudar foi grande. Mas é ainda maior a coragem que precisamos sentir a cada dia que acordamos em um país que não é o nosso. Coragem para os desafios que fazem parte da nossa rotina, desde as coisas mais simples, como falar ao telefone em outra língua até abrir uma conta no banco ou saber como alugar uma casa. E é um pouco sobre tudo isso que falarei uma vez por mês aqui no Tudo & Todas. Sobre coragem e a vida do lado de cá do oceano. Espero que vocês gostem!

***

Ananda Etges é jornalista, mestre em Letras, e autora do blog Projeto de Mãe.

>> Você já está sabendo quem são os colaboradores que, a partir de agora, partilham histórias e opiniões aqui no T&T? Acesse essa lista completa, e saiba quem você encontrará por aqui.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais