Blog Tudo e Todas

Medida certa: Miss Reino Unido devolve a coroa ao se posicionar contra o 'padrão de beleza' exigido no concurso

RespeitAme por: Taiane Kussler em: 31/08/2017 | 15:30

Atingir a 'medida perfeita' e o 'peso ideal' são preocupações constantes das mulheres que devem estar inseridas no 'padrão' para subir nas passarelas ou participar de concursos de beleza, menos da miss Reino Unido, Zoiey Worlds. Depois de 10 anos na área, a miss não aprovou as críticas da organização do evento ao saber que deveria perder peso para a próxima etapa do concurso de beleza e entregou a coroa.

***

Com experiência na área, a miss considerou que a postura da organização foi um insulto a beleza feminina, que vai muito além de um corpo perfeito e medidas tamanho 36. Com determinação, autoconfiança e autoestima elevada, a miss divulgou a sua posição diante do ocorrido na sua página do Faceboock, ao salientar que a beleza refere-se a um contexto.  

Se não me querem por causa do meu tamanho, a perda é deles.

Zoiey pesa 40 quilos e está realizada com o seu corpo e de 'bem com a balança', por isso decidiu abrir mão do concurso, com o objetivo de valorizar a imagem da mulher como um todo. Aliás, muitas modelos que têm o sonho de seguir uma carreira profissional são submetidas a estas exigências de 'padrão de beleza' e para atingir este objetivo são capazes de cometer 'loucuras' e mudar os hábitos e comportamento.

Uma realidade que se configura na área e que ainda está em transformação para vencer paradigmas ao provar que, a 'medida perfeita' não deve estar relacionada com o caráter, postura e comportamento de cada mulher, que busca a valorização e o reconhecimento constante na sociedade. Este conceito também deve estar relacionado aos concursos de beleza, já que, além da estética, as misses estão inseridas em projetos sociais.

O papel de quem assume um título de beleza vai além da estética, nesta função a mulher ganha uma posição de destaque no contexto social em vários quesitos como sabedoria, responsabilidade e competência, ao demonstrar para o mundo que a beleza do ser humano não deve ser 'medida' apenas pela estética, como também, pela sua capacidade intelectual. 

Rainhas reais empoderam outras mulheres, são inteligentes e ajudam suas comunidades a se unir.

 E você, concorda com a atitude da miss?

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais