O que tem na mala de um expatriado?

Viagem por: Ana Flávia Hantt em: 12/01/2018 | 10:00

Em dezembro visitamos o Brasil pela primeira vez desde que mudamos para a Inglaterra. Foi uma viagem muito esperada, afinal, já estávamos quase 1 ano e meio sem ver boa parte da família e amigos!

Mas além de saudade, o que tem na mala de um expatriado? Hoje vou contar o que levamos para Venâncio e o que depois trouxemos de volta para o Reino Unido. Afinal, nossa mala traduz boa parte dos nossos sentimentos e memórias com a visita ao Brasil.

Na mala de ida, muitos presentes e mimos da terra da rainha. Sou apaixonada por Londres e adoro lembranças com símbolos da cidade, como o Big Ben, a London Eye, as famosas cabines telefônicas vermelhas e os ônibus de dois andares. Então, entre as lembranças de Natal para as pessoas queridas que encontramos no Brasil não faltaram coisas temáticas. Sinto como se fosse uma forma de levar um pouquinho da nossa vida aqui para quem tanto espera pela gente do outro lado do oceano.

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasVítor e Clara com os avós
Vítor e Clara com os avós

Pelos presentes também era possível notar novos hábitos e costumes que fazem parte da nossa vida. Canecas de chá, pelo novo vício de inverno (especialmente na falta de um bom chimarrão!), e cremes de mão, populares na Inglaterra, especialmente na época de fio para manter as mãos hidratadas. Também camisetas do Liverpool, time que já está nos conquistando agora que moramos na cidade localizada no noroeste da Inglaterra.

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasO Natal foi comemorado com a presença da família
O Natal foi comemorado com a presença da família
Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasMomentos de diversão no verão brasileiro
Momentos de diversão no verão brasileiro

Já na mala da volta, depois de abastecer o coração com tantos abraços e encontros, trouxemos um tanto de delícias com gostinho brasileiro. Não faltou espaço para farofa, mistura para pão de queijo e doce de leite. Erva para o chimarrão nem se fala. Trouxe oito pacotes para garantir chimarrão por um bom tempo.

As crianças voltaram para a Inglaterra com muitos presentes especiais. Entre eles, livros para a alfabetização em português, algo que é muito valioso para gente.

Retomando a rotina, o que trouxemos do lugar que chamamos de 'casa' vai ajudando a seguir em frente. O pão de queijo no fim da tarde lembra os momentos na casa da vó. O chimarrão aquece as memórias das conversas na beira da piscina com meus pais e irmãos.

As leituras em português antes de dormir remetem às noites de sono com a tia Rafa, que as crianças não vão esquecer tão cedo. Então, cada um dos objetos que veio dentro da mala ganha um novo sentido. E isso soma-se ao que não cabe em bagagem alguma: as lembranças de dias especiais com quem amamos. Afinal, o souvenir mais preciso é o amor que sentimos pelas pessoas que fazem parte da nossa vida. E isso não muda independente da coordenada geográfica que estamos.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais