Blog Tudo e Todas

Onde estamos?

Viagem por: Ana Flávia Hantt em: 09/04/2018 | 19:00

Chegamos em Boston, capital do estado de Massachusetts, nesta quarta-feira, e ficaremos até a próxima semana por aqui. E esse novo destino não poderia ser mais impressionante. Além de ser uma das primeiras cidades americanas, e por isso ter grande importância histórica, Boston também abriga algumas das universidades mais importantes do mundo, como Harvard e MIT.

Com população que ultrapassa 600 mil pessoas, reúne grandes e modernos centros comerciais, com charmosos prédios em estilo inglês. A região onde a cidade está localizada é conhecida como Nova Inglaterra, e as características da colonização britânica são vistas, principalmente, na arquitetura.

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasA vista do Rio Charles mostra que Boston também é uma cidade com intensa movimentação comercial e de entretenimento por vias aquáticas
A vista do Rio Charles mostra que Boston também é uma cidade com intensa movimentação comercial e de entretenimento por vias aquáticas

***

Boston é também um grande centro turístico. O distrito histórico, com certeza, é um dos mais visitados. A cidade teve papel fundamental na Revolução Americana, aquela que declarou a independência das 13 colônias, que até então, pertenciam à Inglaterra. Todos os prédios que participaram dessa história - que ocorreu há mais de 300 anos -, foram preservados, o que garante uma experiência rica em detalhes. A ampla gastronomia, parques e museus, além dos eventos que ocorrem nas universidades, são outros grandes atrativos da cidade.

Freedom Trail 

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & Todas Ideia bacana para guiar os turistas pela cidade. Assim, ninguém fica perdido, ou perde um ponto de visitação.
Ideia bacana para guiar os turistas pela cidade. Assim, ninguém fica perdido, ou perde um ponto de visitação.

Uma das coisas mais bacanas do Distrito Histórico de Boston, e que poderia facilmente ser adotada por outras cidades, é o Freedom Trail, ou Trilha da Liberdade, na tradução livre para o Português. A ideia consiste em uma linha de tijolinhos vermelhos feita na calçada, a qual guia os turistas por pontos importantes da história de Boston. Isso significa que ninguém se perde enquanto está fazendo o passeio! Também, que não é necessário andar pelas ruas com o rosto fixo em um mapa, seja ele impresso, ou no celular. Basta caminhar tranquilamente pelas ruas, e ter a certeza de que todos os pontos turísticos mais importantes serão visitados.

Como é o estilo de vida americano?

É claro que responder a pergunta do título não é uma tarefa fácil, já que muitas questões podem variar conforme particularidades culturais, estilo de vida e poder aquisitivo de cada morador. E apesar da cultura americana ser amplamente divulgada nos filmes e seriados, vale ressaltar algumas diferenças em relação ao que vemos no Brasil.
De forma geral, é possível dizer que os americanos são extremamente práticos. "Tornar a vida mais fácil" poderia ser o slogan da maioria das lojas por aqui. Para tudo, existe uma máquina capaz de realizar o trabalho. Tudo é digital, autolimpante ou automático. Nos supermercados, é possível encontrar absolutamente todas as coisas na forma mais prática possível: em latas, em pó, congelados. Quanto maior o poder aquisitivo, ou quanto maior a vontade de consumir, mais opções à disposição.
Uma das principais diferenças em relação à cultura brasileira, está relacionado à gastronomia. O americano médio cozinha muito pouco. Nas cidades grandes, é preciso andar muitos e muitos quilômetros para encontrar um supermercado. O mais comum, são pequenos estabelecimentos, chamados de "grocery store" ou "delis", que vendem alguns itens, como sanduíches, bolos, sopas, frutas ou pequenos lanches prontos para o consumo, além de oferecer um buffet com pratos quentes. A pessoa sai do trabalho, por exemplo, passa em um desses locais, compra sua comida, e a leva para comer em casa.
As máquinas de autoatendimento também estão por todos os lugares. Vendem desde comida e bebida, até eletrônicos e produtos de higiene. Basta escolher o item, passar o cartão de crédito ou inserir o dinheiro, e sair do local com o item escolhido em mãos. Rápido, prático e sem filas. 

Foto: Divulgação / Tudo & Todas Rede de farmácias CVS, por exemplo, mantém máquinas de autoatendimento por diversos pontos. É possível comprar desde medicamentos básicos e produtos de higiene, até pipoca e biscoitos
Rede de farmácias CVS, por exemplo, mantém máquinas de autoatendimento por diversos pontos. É possível comprar desde medicamentos básicos e produtos de higiene, até pipoca e biscoitos

***

Embora as particularidades possam variar conforme a região do país, poder aquisitivo e estilo de vida, é possível citar algumas características das casas americanas:

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasMáquinas de lavar e secar costumam ser acomodadas no porão, ou em compartimentos fechados
Máquinas de lavar e secar costumam ser acomodadas no porão, ou em compartimentos fechados

1. As casas costumam ser estreitas, com aproximadamente cinco metros de largura. No entanto, chegam a possuir quatro andares, geralmente divididos em porão, primeiro e segundo andares, e sótão.

2. Nas grandes cidades, as casas costumam ser construídas junto à calçada, com a porta principal com acesso direto à rua. Cidades menores ou bairros mais residenciais, geralmente apresentam casas com jardim e gramado, mas sem cercas ou portões.

3. Antes de entrar em uma casa americana, é costume deixar calçado na porta ou hall de entrada, assim como casacos, luvas, gorros e cachecóis.

4. Para enfrentar o inverno rigoroso, as casas mantém um sistema de aquecimento central, chamado de calefação, geralmente mantido à energia elétrica ou à gás.

5. A cozinha é o parque de diversões dos eletrodomésticos. Há micro ondas, forno, dourador de pão, cafeteira, chaleira elétrica, grill, liquidificador, mixer de frutas, máquina de lavar louças, triturador de resíduos... Tudo ao alcance e utilizado diariamente.

6. A lavanderia sempre abriga a máquina de lavar roupa e a secadora. Não é costume pendurar roupas no varal.

7. Como a maioria das casas possuem carpete ou tapetes, aspirador de pó é item indispensável.

8. Os animais de estimação costumam ficar dentro de casa. Não é comum ter um cachorro que fica apenas no pátio, por exemplo.

9. Os quartos geralmente possuem closet em anexo.

10. Em grandes centros, dificilmente as casas possuem garagens. Os carros ficam estacionados na rua ou em estacionamentos privados. Em bairros residenciais ou cidades menores, a garagem costuma estar anexa à casa, ou mesmo no fundo do pátio, com acesso pelo outro lado da quadra.

OBS.: As impressões listadas são baseadas em residências localizadas na parte nordeste do país, em cidades como Nova Yok, Niagara Falls e Boston

***

Conexão

Mestrado em Portugal - O Instituto Politécnico de Leiria, em Portugal, oferece bolsas de estudos para mais de 40 cursos de mestrado em áreas como educação, ciência sociais, artes, saúde, tecnologia e turismo. Para brasileiros, a seleção é baseada no histórico acadêmico e nas qualificações do candidato através da análise do currículo e de uma carta de motivação. As inscrições para a primeira fase da seleção podem ser feitas até 20 de abril.

Bolsas na Colômbia - O governo da Colômbia está oferecendo para estudantes internacionais, bolsas de especialização, mestrado e doutorado em todas as áreas do conhecimento. O apoio financeiro oferecido contempla gastos com anuidade, assistência médica, materiais, visto e um auxílio para instalação no país. Os bolsistas também recebem um valor mensal, de três salários mínimos locais (cerca de R$ 2.800), ao longo do curso. As inscrições vão até 1° de junho.

***
No exterior

Foto: Ana Flávia Hantt / Tudo & TodasLaura Henn, 21 anos, estudante do 5 ° semestre de Engenharia de Software da Univates. Ela está em um intercâmbio em Portugal, onde cursa Ciências da Computação.
Laura Henn, 21 anos, estudante do 5 ° semestre de Engenharia de Software da Univates. Ela está em um intercâmbio em Portugal, onde cursa Ciências da Computação.

 

 'Tenho aulas de segunda a sexta-feira, em horários bem diversificados, e separadas entre teóricas e práticas. Moro na residência Alberto Amaral, a maior da Universidade do Porto. Ela fica a 15 minutos a pé de onde tenho minhas aulas. Lá residem estudantes de diversas nacionalidades, como Angola, Itália, Estados Unidos, Alemanha, Índia, Turquia, Brasil, entre outros. Os quartos são duplos, com banheiro no quarto e cozinha compartilhada entre todos os moradores. Minha colega de quarto é americana e fala apenas inglês.'

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais