Belas paisagens e boa gastronomia: três dicas para curtir ainda mais o Chile

Viagem por: Régis Fabris em: 06/08/2017 | 13:18

Para você que está planejando a próxima viagem, e ainda está em dúvida do destino, lhe indicamos o Chile. Com uma geografia de extremos, o país está localizado entre o Pacífico e a Cordilheiras dos Andes, e garante a seus visitantes uma das viagens mais cenográficas de todo o continente.

Podemos começar por Santiago, na capital, que consegue encantar com um visual único, cercado por várias montanhas. Na cidade grande, há muito da influência europeia. A modernidade tem se tornado cada vez mais presente, e diferentes atrações tem chamado a atenção dos turistas, sem falar da gastronomia, que merece um destaque especial. 

Ao norte do Chile, as árridas terras do Atacama são contrastres do sul gelado, como as lindas cidades de colonização alemã da Região dos Lagos. Pra quem busca boa gastronomia, aventuras e paisagens de tirar o fôlego, o Chile é o destino ideal. Já para os que gostam de fugir um pouco dos pontos turísticos mais visitados, segue três dicas de passeios diferentes:

Pucón

Também chamada de 'Entrada da Cordilheira', é o ponto de partida ideal para aventuras. Esta pitoresca cidade, cercada por paisagens de tirar o fôlego, se transforma em um ponto de encontro de inúmeros turistas e oferece um número ímpar de excursões e atividades.

Atacama

Um dos destinos mais visitados na América do Sul, o Deserto do Atacama, na região norte do país, é um dos mais impressionantes desertos de todo o mundo. Mesmo com clima extremo e uma enorme falta de recursos naturais, já era habitado por tribos há centenas de anos. Hoje, é um dos principais destinos turísticos dos brasileiros na América do Sul e recebe milhares de turistas durante o ano todo.

Região das vinícolas

O Chile é um país muito conhecido por seus vinhos e a região das vinícolas é um ótimo ponto para visitas. A região mais conhecida ao norte é o Vale do Aconcagua. Ao sul de Santiago, as três principais regiões são o Vale do Colchágua, Vale de Cachapoal e Vale de Millahue, que fica, aproximadamente, a duas horas da capital. A viagem para a região sul pode acontecer durante todo o ano, mas é no verão que as parreiras estão verdes e o visual, ainda mais bonito.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais