Blog Tudo e Todas

Pé na estrada: albergue, hotel, CouchSurfing ou Airbnb?

Viagem por: Taiane Kussler em: 20/08/2018 | 16:00

Já está ansioso para as próximas férias, não é mesmo? Você já definiu o próximo roteiro de viagem, a data de partida e comprou as passagens para a próxima aventura, que promete muitas surpresas, mas será que realmente está tudo definido? Uma das coisas mais importantes a planejar antes de colocar o pé na estrada é saber qual é a melhor opção de hospedagem. São tantas alternativas hoje em dia que fica difícil de definir qual delas está mais de acordo com a proposta de viagem.

Albergue, hotel, CouchSurfing ou Airbnb? Cada um deles possui uma característica peculiar que vai do conforto e bem-estar à economia e praticidade. O ideal é conhecer cada um deles, antes de fazer a reserva ~ tudo vai depender do objetivo de cada viajante ~. 

Para ficar por dentro antes de embarcar nesta viagem, veja abaixo quais são as vantagens e desvantagens de cada hospedagem, antes de colocar o pé na estrada.

 >> Albergue e hostels

Uma alternativa para quem quer viver novas experiências, conhecer diferentes culturas e hábitos. Os albergues reúnem diferente pessoas, de todos os gostos e idades, um público que gosta de interagir e conhecer novas histórias de vida. Arquitetonicamente falando, essas hospedarias têm um espaço de convivência maior. Os mais descolados até oferecem festinhas abertas ao público. Uma opção bacana para quem vai sozinha e quer fazer novas amizades, a desvantagem é que nem todas aspessoas são agradáveis, neste caso, você deve se adaptar aos diferentes costumes de cada um e saber respeitar as diferenças.

>> Tradicional hotel

Para os turistas que optam pela comodidade, segurança e acima de tudo, privacidade, o tradicional hotel é a melhor alternativa. Dos mais acessíveis aos luxuosos, os hotéis oferecem serviços que facilitam sua viagem, entre eles, café da manhã, lavanderia e manutenção da limpeza de quarto. Isso sem falar na ajuda que a recepção pode te oferecer com room service, aluguel de carros, táxis, dicas de rotas, de passeios turísticos. Uma das desvantagens é que no hotel não dá para cozinhar, os itens do frigobar custam caro e o horário do check-in e do check-out podem atrapalhar um pouco o roteiro da trip.

>> CouchSurfing: barato e diferente

 

Também conhecido como 'CS', o CouchSurfing é um serviço de hospitalidade baseado na 'camaradagem'. Você se acomoda e pode acomodar alguém sem pensar em lucro. Na prática, você ficar no sofá (pode ser cama, quarto de hóspede) de alguém sem precisar pagar por isso. Esta opção é uma ótima alternativa para conhecer gente nova, ficar mais enturmado ao dividir o espaço físico e o tempo com outras pessoas.  

>> Opção Airbnb

Prático, seguro, barato ~ ou caro, depende da proposta ~.  O serviço online já existe há 10 anos e virou a maior rede de hospedagem do mundo. Você pode alugar tanto um quarto, quanto um quarto, uma casa e até um barco. Tudo depende apenas do que você procura e do que os anfitriões oferecem. Um dos pontos positivos do Airbnb é vivenciar um pouco a realidade do seu destino. Se você optar por um quarto na casa de outra pessoa, vai ter um bônus que nenhum site de viagens pode oferecer: dicas de anfitriões que realmente vivem a cidade e querem mostrar o que ela tem de melhor. Mas tem também o lado negativo, nem sempre os locais que você quer estão disponíveis na data que você procura.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais