Blog Tudo e Todas

Saiba por que praticar o pilates

Saúde por: Rosana Wessling em: 16/01/2019 | 16:00

Um grande aliado para o tratamento de dores e lesões, mas também uma opção de prevenção e atividade física é o método pilates. A modalidade vem se destacando e sendo procurada por ser uma atividade segura e prazerosa e por trazer muitos benefícios ao praticante. Para a fisioterapeuta Cíntia Sandrine da Costa, a sobrecarga do dia a dia faz com que as tensões musculares e lesão articulares se instalem, o que provoca dores e desconfortos.

O método, além de melhorar a flexibilidade e mobilidade, aumenta a resistência e força muscular, fazendo com que os praticantes tenham mais disposição nas atividades diárias.'

A profissional explica que as aulas têm duração de uma hora e pode ser realizada em dupla ou individual, além disso, o aluno tem a opção de praticar o método até três vezes na semana. 'Os exercícios são realizados no solo ou nos aparelhos, podendo ser usados acessórios como bola, faixa elástica, halteres, caneleiras, bosu, anel tonificador, entre outros. Nos aparelhos de pilates, usamos molas com resistências diferentes, que facilitam ou resistem o movimento", explica. "Essas molas tornam o método uma atividade segura por não gerarem impacto nas articulações. Durante a aula são realizados exercícios de flexibilidade, mobilidade, coordenação, equilíbrio, força e resistência, sempre associados à respiração correta, concentração e ativação de power house (musculatura do abdômen, glúteos e assoalho pélvico) e um bom alinhamento postural.'

O pilates é indicado para qualquer pessoa que tenha interesse em praticar, desde criança até idoso, com ou sem a indicação médica. Cíntia cita que o principal motivo de praticar o pilates é a melhora da qualidade de vida. Além disso, a profissional destaca o aperfeiçoamento do condicionamento físico para a realização das atividades diárias, melhora das dores tensionais musculares e o envelhecimento saudável sem limitações de movimentos.

Foto: Arquivo Pessoal / DivulgaçãoFisioterapeuta Cíntia dá dicas para aliar o pilates a perda de peso
Fisioterapeuta Cíntia dá dicas para aliar o pilates a perda de peso

Pilates para perder peso? Profissional explica: 

Para a fisioterapeuta, o pilates pode, sim, ser um ótimo aliado para a perda de peso. 'Diante de um treino intenso, o pilates pode ser uma alternativa para modelar o corpo e queimar as gordurinhas. Mas como disse, o treino deve ser intenso e de preferência mais vezes na semana ou associado a outras atividades físicas, junto a uma alimentação saudável', aconselha Cíntia.

A profissional também cita outros benefícios que o praticante adquire. 'Quem faz pilates ganha mais mobilidade, flexibilidade, tonificação muscular e também tem uma maior consciência corporal, corrigindo a postura por conta própria fora da sala de pilates.'

Ela cita o uso de molas de resistências diferentes para a prática dos exercícios, assim diminuindo o risco de lesão. Conforme Cíntia, as molas diminuem a carga nas articulações e garantem que o método seja seguro e possa ser realizado por qualquer indivíduo.

Modalidades do pilates

Contemporâneo: Os praticantes dessa linha não se limitam apenas aos aparelhos clássicos, o que permite incrementar a prática com novos materiais, como faixas elásticas, bolas de ginástica, halteres, bosu etc. 

Mat pilates: os exercícios são realizados no solo com o uso de acessórios e o peso do próprio corpo.

Funcional: Uma das principais características dessa variação é a combinação de exercícios ritmados e frequentes que tem como objetivo aumentar consideravelmente a frequência cardíaca do praticante, sendo considerada um treino aeróbico bastante eficiente.

Aéreo: Apesar de manter os princípios do tipo original de pilates, a variação aéreo usa o balanço. O praticante fica suspenso total ou parcialmente por meio desse balanço e aprimora bastante o equilíbrio para se movimentar de forma correta. Exige muita força durante a execução.

Neo pilates: uma mistura de acrobacias circenses com os movimentos do pilates e treinamento funcional. O grande diferencial está nos movimentos lúdicos dos movimentos e também nos aparelhos que, em sua maioria, são suspensos.

Pilates aquático: Consiste na adaptação de exercícios e métodos desenvolvidos no pilates em um ambiente aquático.

Ballet pilates: movimentos do pilates original associados ao ballet.

Foto: Divulgação / Clínica de Fisioterapia Saúde & EquilíbrioAlunos praticam uma série de exercícios que ajudam na flexibilidade
Alunos praticam uma série de exercícios que ajudam na flexibilidade

Conheça os 10 benefícios do pilates, segundo a fisioterapeuta Cíntia Sandrine da Costa
1 - Melhora da flexibilidade e mobilidade articular;
2 - Aumento da força e resistência muscular;
3 - Melhora do equilíbrio e da coordenação;
4 - Melhora da respiração; 
5 - Aumento da oxigenação dos tecidos;
6 - Correção de má postura e desvios na coluna vertebral;
7 - Alívio das dores;
8 - Prevenção de osteoporose;
9 - Tratamento de doenças articulares;
10 - Relaxamento corporal.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais