Blog Tudo e Todas

Saiba quais os problemas que causam a infertilidade e como tratá-los

Saúde por: Rosana Wessling em: 16/04/2019 | 20:00

Muitas dúvidas surgem quando o assunto é fertilidade. Vários motivos podem atrapalhar ou até dificultar uma gravidez. A estimativa é que de 15% a 20% dos casais sofrem com algum tipo de infertilidade, segundo dados da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH). Cerca de 30% das causas são femininas, 30% são masculinas e, em 30% dos casos, a gravidez é dificultada por problemas que afetam tanto o homem quanto a mulher. Ainda assim, restam 10% da chamada Infertilidade Sem Causa Aparente (ISCA).

Segundo o médico ginecologista e obstetra, Leandro Luis Assmann, 49 anos, os principais problemas de infertilidade que impedem a gestação são fatores relacionados à ovulação, em média 30%. 'Outros 30% são fatores masculinos e em torno de 30% são fatores relacionados a problemas do útero e tubas uterinas. Neste espectro entram doenças específicas como problemas infecciosos que a mulher tem ou teve, além de problemas hormonais como a síndrome de ovários policísticos e outras que interferem na ovulação, endometriose que pode gerar vários problemas no útero e tubas uterinas e mesmo interferindo em outros momentos da fecundação.'

Foto: Pexels / DivulgaçãoVários motivos podem atrapalhar o sonho de ser mãe
Vários motivos podem atrapalhar o sonho de ser mãe

Assmann, que também é mestre em Educação e professor do curso de Medicina da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), comenta que os problemas de ovulação podem ser minimizados induzindo a ovulação, com uso de medicamentos como é feito na síndrome de ovários policísticos. 'As infecções pode ser tratadas, mas muitas delas podem provocar sequelas definitivas impedindo a fecundação. A endometriose pode ser minimizada, mas necessariamente não significará aumento nas taxas de fecundação. São situações específicas que obviamente precisam ser investigadas e tratadas caso a caso.'

De maneira geral, a fertilidade inicia-se após as primeiras menstruações. O médico explica que o período de 'maturidade' do controle da ovulação pode demorar até 2 anos para ser atingido após a menstruação, e se mantém elevada até em torno dos 35 anos. 'Após esta idade, gradativamente, a fertilidade vai diminuindo e se extingue na menopausa', destaca.

Entre os principais fatores que interferem na fertilidade, Assmann cita tabagismo, sedentarismo, obesidade, abuso de drogas e álcool. 'Outro fator importante é a idade, quanto maior a idade após os 35 anos, maior a influência na fertilidade. Claro que algumas doenças também interferem, mas devem ser avaliadas individualmente.'

 

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais