Blog Tudo e Todas

A tenista que marcou o esporte mundial

Esportes por: Débora Kist em: 11/06/2018 | 09:03

Foto: Reprodução / InternetMaria Bueno venceu várias vezes em Wimbledon
Maria Bueno venceu várias vezes em Wimbledon

Ícone de uma geração em um país de baixa inserção feminina em esportes competitivos, Maria Esther Bueno foi reconhecida mundialmente por ter, nas décadas de 1950 e 1960, conquistado 19 títulos de Grand Slam (12 vezes em simples, 7 vezes em duplas), nome dado aos torneios mais importantes no circuito internacional do tênis: US Open, Wimbledon, Roland Garros e o Aberto da Austrália. Considerara a maior tenista brasileira e uma das maiores do mundo, ela faleceu na última sexta-feira, 8, aos 78 anos, vítima de um câncer.

Maria Esther reinou décadas antes do tenista Gustavo Kuerten vencer Roland Garros e virar ídolo nacional, no final dos anos 1990, e numa época em que raras mulheres tinham acesso ao esporte, ela esteve no topo da modalidade. Primeira não-americana a ganhar o US Open e Wimbledon no mesmo ano (1959), ocupou o primeiro lugar do ranking do tênis em quatro temporadas, nos anos 1959, 1960, 1964 e 1966. Só na grama de Wimbledon, levantou o troféu oito vezes. Ainda hoje, 'Maria Bueno', como é chamada no exterior, fica atrás de apenas outros três tenistas. Em número de Grand Slams conquistados nas individuais, só perde para a australiana Margaret Smith Court, a americana Serena Williams e o suíço Roger Federer.

A fluidez dos movimentos durante as partidas, em saques e voleios, lhe fez ganhar o apelido de 'bailarina do tênis'. Outra alcunha que recebeu foi o de 'andorinha de São Paulo', dado pelo jornalista esportivo da BBC britânica, John Barrett, pelo modo como tomava conta da rede. Bueno entrou para o Hall da Fama do Tênis em 1978.

Com informações Nexo Jornal.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais