Blog Tudo e Todas

Tudo o que você precisa saber sobre o congelamento de óvulos, procedimento realizado pela cantora Ivete Sangalo

Saúde por: Taiane Kussler em: 08/08/2017 | 18:00

Assim como grande parte das mulheres brasileiras, a cantora Ivete Sangalo revelou recentemente que aderiu ao congelamento dos óvulos para uma gestação futura. A declaração, dada ao jornal carioca Extra, foi divulgada nesta terça-feira (8), dois dias depois da baiana lançar o clipe da nova música de trabalho, 'À Vontade'.

Não são apenas as 'estrelas' que possuem uma rotina agitada de trabalho que tomam esta decisão, a procura pelo congelamento de óvulos tem crescido consideravelmente nas clínicas de reprodução. A gravidez tardia tem sido uma opção para as mulheres que buscam uma estabilidade econômica ao priorizar a carreira até os 30 e poucos anos, desta forma, a maternidade é adiada através do congelamento de óvulos. Outros aspectos também são relevantes para a tomada de decisão, entre eles, mulheres que são diagnosticadas com câncer e vão se submeter ao tratamento, menopausa precoce na família ou àquelas que ainda não encontraram o parceiro ideal para constituir uma família.

Se você deseja realizar este procedimento e ainda está com dúvidas, confira algumas informações técnicas de especialistas divulgados no Estadão, para deixá-lo mais seguro antes de tomar esta decisão.

>> Como funciona este procedimento

Antes do procedimento, a paciente precisa ser submetida a uma série de injeções diárias de hormônio para promover o crescimento dos folículos. O tratamento dura entre 10 e 12 dias. Depois desse processo, a mulher recebe outra injeção para acabar de amadurecer os folículos até que 36 horas depois, a equipe médica faz a aspiração dos folículos para coletar os óvulos. 

>> Qual é a idade máxima para o congelamento dos óvulos

O ideal é que o procedimento seja feito até os 35 anos da mulher. A Sociedade Brasileira de Reprodução Humana contraindica o congelamento de óvulos por motivos sociais com 44 anos ou mais.

>> Qual é o tempo máximo que os óvulos podem ficar congelados

A medicina ainda não definiu um limite de tempo máximo para a utilização dos óvulos. Na prática, em geral, os óvulos têm ficado congelados por até 10 anos.

>> Quantos óvulos devem ser congelados?

 O ideal é que a mulher congele ao menos 12 óvulos, mas a idade ainda é o fator mais importante a ser considerado.

>> Quais são os índices de chances do procedimento

O congelamento de óvulos não garante a gravidez no futuro. Isso porque o óvulo ainda precisa ser descongelado, fertilizado e implantado no útero. O aumento da probabilidade vai depender de quando o procedimento foi realizado, por isso, é importante seguir as orientações médicas.

>> Quais são os riscos para o bebê

O procedimento não traz nenhum risco a mais para a saúde do bebê. Tanto a fertilização quanto a forma natural a chance de possuir um problema genético á a mesma. 

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais