Blog Tudo e Todas

Vida na Suíça: como funcionam os autoatendimentos

Viagem por: Tita Becker em: 29/12/2017 | 10:00

Aqui na Suíça, como em vários países, o autoatendimento está cada vez mais presente, não só no comércio, mas em vários setores. No começo é um pouco complicado, dá aquele 'medinho' de fazer algo errado e muitas vezes não tem ninguém para dar informação. Vou citar alguns exemplos, mas darei mais ênfase ao supermercado, que foi o que mais me surpreendeu.

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasMercado dentro de um shopping center
Mercado dentro de um shopping center

POSTOS DE GASOLINA: Já estamos acostumados a ver em filmes as pessoas abastecendo os próprios carros. Não é difícil, mas a primeira vez sempre gera aquela insegurança. E a maneira como se faz também varia de posto para posto.

TERMINAIS DE ÔNIBUS E TRENS: É sempre bom ter algumas informações antes de tentar comprar sua passagem pela primeira vez, para não comprar o tipo errado de passagem. No ônibus municipal, por exemplo, é necessário saber a zona na qual você vai andar, que é indicada por um número, se você usufrui de algum desconto e se a passagem é para distância curta ou longa (esta tem duração de 1 hora, e você pode utilizar durante esse tempo, inclusive trocando de ônibus). Você vai entrar no ônibus ou trem de qualquer jeito, mesmo com a passagem errada, pois não há catracas ou cobradores, mas, eventualmente tem um fiscal, e se você estiver com a passagem errada, leva uma multa de CHF 95,00 (em torno de R$ 300). O pagamento é feito com moedas de francos suíços ou cartão de crédito.

JORNAL: Esses ficam dentro de caixas em alguns pontos da cidade. Você deposita o valor e pega o seu jornal. O detalhe é que essas caixas não são fechadas, e daria para pegar o jornal mesmo sem pagar. Mas a honestidade impera.

SUPERMERCADOS: Para você pegar um carrinho é necessário ter uma moeda de CHF 2,00. Quando você termina suas compras e devolve o carrinho para o seu lugar recebe a moeda de volta. Na entrada já encontra uma espécie de parede com vários leitores de código de barra. É necessário ter o cartão do mercado, e então você vai fazendo suas compras e ao mesmo tempo passando os produtos pelo leitor, já colocando-os em sacolas. Ao terminar as compras, passa pelo caixa expresso, acessa o mesmo com seu cartão e faz o pagamento, sem ninguém fiscalizando para ver se você "esqueceu" de passar alguma mercadoria.

Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasInserindo moedas para destravar o carrinho
Inserindo moedas para destravar o carrinho
Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasLeitor de código de barras
Leitor de código de barras
Foto: Arquivo Pessoal / Tudo & TodasCaixa de auto-atendimento
Caixa de auto-atendimento

Mas claro que há os caixas de atendimento normal, como em todo o supermercado. As frutas, verduras e comidas prontas (buffet de comidas quentes) você escolhe o que deseja levar, olha o código, pesa e embala sozinho. Ou seja, ninguém está olhando se você colocou o código certo. Demorei algum tempo para descobrir como se fazia isso, mas tudo se aprende! E há também o setor para fazer embalagens para presente. Tem o papel, tesouras, fitas e você mesmo faz sua embalagem.

LOJAS: Há vendedores circulando, mas só te atenderão se você pedir. Roupas, calçados, você mesmo vai procurando pela numeração e experimentando. Se achar o que deseja, é só se dirigir ao caixa, onde terá uma pessoa para lhe atender.

E assim vamos fazendo novas descobertas, a cada dia. Aprendendo e se adaptando ao novo!

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais