Blog Tudo e Todas

De volta a Jordânia: Yasmin Mansour visita a cidade rochosa de Petra

Viagem por: Taiane Kussler em: 11/10/2018 | 19:00

Quem disse que para viajar precisa de planejamento? A vontade de conhecer a Palestina e estender a viagem à Israel e Jordânia, impulsionou a estudante de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Vale do Taquari (Univates), Yasmin Mansour, a seguir a intuição e partir para novas experiências.

Após a decisão, em uma semana ela preparou as malas, providenciou as passagens e atualizou os documentos. A descendente árabe, acompanhada da avó, embarcou com destino a Ásia, no dia 9 de agosto deste ano, para viver novos momentos e reviver parentes e amigos, permanecendo lá por 60 dias.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasAmã
Amã                                                                                                             Cidatel de Amã

Eu sempre tive vontade de conhecer Petra, na Jordânia, esse era o meu objetivo principal. Para mim, foi uma experiência incrível porque eu revivi alguns lugares que já havia conhecido na primeira vez que fui, quando tinha 18 anos.

Foto: Divulgação / Tudo e TodasAl khazneh, em Petra (Jordânia)
Al khazneh, em Petra (Jordânia)

Os encantos da Jordânia

Petra é uma cidade histórica e arqueológica localizada no sul da Jordânia. Além de ser famosa por sua arquitetura esculpida em rocha, atrás de um labirinto de gigantes rochedos, Petra também é chamada de Cidade Rosa, devido a cor das pedras do local. 

Posso afirmar que cada vez que revisitamos um lugar é diferente, e lá existem tantas opções de pontos turísticos que é difícil visitar tudo em tão pouco tempo. Além dos locais eu participei de muitas festas típicas.

Geralmente Yasmin não costuma planejar o destino das suas viagens, mas confessa que existem lugares específicos que ela deseja conhecer. 

 

Quem gosta de conhecer destinos variados não possui prioridades em relação a ele, acredito que viver e fazer parte do lugar, desfrutando o máximo possível, seja a real prioridade dessas experiências.

Foto: Divulgação / Tudo e TodasTraje típico
Traje típico

 

Foto: Divulgação / Tudo e TodasA henna, na mão da Yasmin, é uma tradição árabe que geralmente é pintada antes do casamento.
A henna, na mão direita, é uma tradição árabe. A pintura geralmente é feita na festa antes do casamento. Um evento tradicional chamado de Henna. 

Motivada pela família, Yasmin pode reviver lugares de uma forma diferente. Para ela, cada viagem possui um significado especial, ao se deparar com costumes, pensamentos e realidades distintas da atual aqui do Brasil.

Você aprende muito sobre si e em relação ao próximo, além de ter a oportunidade de visitar pontos turísticos que possuem todo uma história.

Tradição islâmica

Desta vez, uma das coisas que mais chamou a sua atenção foi estar na cidade durante a semana do Eid. Também conhecida como 'Grande Festa' ou 'Festa do Sacrifício', o evento faz parte da tradição islâmica. O feriado, é comemorado por cerca de quatro dias e de acordo com a história do Corão, marca o sacrifício de Ismael por Abraão.

Nesse dia recebemos visitas constantes e visitamos todos os parentes.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasSiq Petra e Al Khazneh (Jordânia)
Siq Petra e Al Khazneh (Jordânia)
Foto: Divulgação / Tudo & TodasJafa, em Tel Aviv
Jafa, em Tel Aviv                                                  Tel Aviv
Foto: Divulgação / Tudo & TodasPortas de Jerusalém e rua comercial da cidade
Portas de Jerusalém e rua comercial da cidade

Além de presenciar a 'Grande festa' dos islâmicos, Yasmin demorou a se adaptar com o calendário. Um aspecto que se diferencia do Brasil. ' Eu me perdia um pouco nos finais de semana, pois as aulas começam no domingo e param na sexta.'

Para você que está pensando em visitar as belezas de Petra e as tradições islâmicas. Veja abaixo quais são as dicas da estudante:

Lugar para curtir: tem de tudo lá, eu fiquei numa cidade próxima a Ramalla na Palestina, ela é uma cidade polo onde se concentra os restaurantes, bares, comércio, entre outras opções.

Curiosidade: encontrei muitos brasileiros morando por lá

Gastronomia: desde a culinária árabe típica da região, até italiana, japonesa entre outros.

Transporte: Durante a viagem utilizei o táxi, veículo melhante a um micro-ônibus. O meio de transporte comunitário (não é exclusivo) é uma opção mais acessível e circula pelas cidades, de um lugar a outro.

Ponto turístico: São vários, entre eles, Jerusalém, Mar Morto, Jafa, Haifa, Tel Aviv, Petra, Cidatel de Amã, Gérasa,Wadi Mujib, etc...

Como sugestão, Yasmin aconselha as pessoas a sempre pesquisar por lugares turísticos do local. Um dos sites que ela recomenda é o Google e o Pinterest e também, verificar as marcações de locais no Instagram.


'Existem vários lugares que não estão inclusos em pacotes turísticos, inclusive isso me fez chegar até uma brasileira que vive em Israel e trabalha atualmente como guia turística particular.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais