Blog Tudo e Todas

World Roller Games: patinadores brasileiros finalizam competição no top 10 do mundo

Patinação por: Ana Flávia Hantt em: 11/09/2017 | 09:00

Foto: Divulgação / Tudo & TodasFelipe Werle com os técnicos Kadu Paiva e Juan
Campeão mundial: Felipe Werle com os técnicos Kadu Paiva e Juan Muñoz

O Brasil tem muitos motivos para comemorar este World Roller Games, que está ocorrendo em Nanjing, na China. Depois de Felipe Werle conquistar o título de campeão mundial, outros atletas finalizaram suas provas ranqueados entre os melhores patinadores do mundo.

Esse é o caso de Leonardo Azambuja, que finalizou a competição de Solo Dance Junior Masculino em 10º lugar; e das patinadoras Bianca Ameixeiro e Mariah Barsotti, que concluíram a prova de Solo Dance Junior Feminino em 7º e 9º lugares respectivamente.

O próprio Felipe Werle também obteve ótima colação na prova de Solo Dance Senior Masculino, conquistando o 5º lugar; na mesma modalidade, Felipe Cavalcanti posicionou-se no 9º lugar do ranking. Ana Beatriz Toledo, por sua vez, finalizou a prova de Solo Dance Senior Feminino em 11º lugar.

Na modalidade Livre Junior Feminino, Bruna Wurts repetiu a boa performance do ano passado, e conquistou a 6ª colocação. A atleta Isabella Brandão, na mesma modalidade, ficou em 10º no ranking.

Na opinião do vice-presidente de patinação da Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação (CBHP), Flavio Moreira, os resultados que têm sido obtidos no World Roller Games pela patinação artística representam um desenvolvimento consistente do esporte. O dirigente explica que, além do talento individual, os atletas e comissões técnicas estão aprimorando métodos para chegar ao topo em diversas modalidades.

Se no passado o Brasil era conhecido pela modalidade Livre, hoje estamos no top 10 das outras disciplinas de modo cada vez mais constante."

Segundo Flavio, a intenção é aperfeiçoar o trabalho, além de buscar as conquistas que o Brasil ainda não tem.

É um ciclo de médio e longo prazo, que começa na escolinha de patinação em cada clube", destaca.

Foto: Divulgação / Tudo & TodasMini-grupo conquistou a quarta colocação no ranking final
Mini-grupo conquistou a quarta colocação no ranking final

Nas competições em equipe, o mini-grupo do Clube Saldanha da Gama, duas vezes medalha de bronze no Mundial (em 2015 e 2016), conquistou o 4º lugar após a apresentação da coreografia City of Stars.

>> Assista a apresentação de City of Stars:

Na prova de quartetos, que ocorreu no sábado, 9, as equipes brasileiras também conquistaram colocações entre os melhores do mundo: a coreografia Proud Mary, apresentada pelos atletas Luís Renato Oliveira, Felipe Werle, Gustavo Casado e Gabrielle Vieira conquistou o 5º lugar; e Encanto Cigano, trabalho das patinadoras Nayara Simões, Talitha Haas, Nicolle Goi e Marcelle Guimarães, ficou com a 7ª colocação.

>> Assista a apresentação de Proud Mary:

>> Assista a apresentação de Encanto Cigano:

A delegação brasileira para a patinação artística é composta por 21 atletas e 11 técnicos/coreógrafos.

> Em tempo: Considerado as olimpíadas sobre rodas, o World Roller Games reúne mais de 4 mil atletas em dez disciplinas: Alpino, Roller Derby, Inline FreeStyle (slalom), Roller FreeStyle (agressive), Skateboarding, Patinação Artística, Patinação de Velocidade, Downhill, Hóquei Tradicional e Hóquei Inline. Além da patinação artística, o Brasil ainda disputa no Hockey Inline, com 17 atletas; e na Patinação de Velocidade, com 5 atletas.

Siga o Tudo & Todas nas redes sociais